Cristo ressuscitou, Aleluia!

Celebramos domingo a Festa do Ápice da nossa fé: a ressurreição de Jesus. A Igreja no mundo inteiro proclamou: Cristo ressuscitou, aleluia! Verdadeiramente ressuscitou, aleluia!

É Páscoa! Nós celebramos e proclamamos a Páscoa de Jesus, ou seja, a sua passagem da morte para a vida. Ele venceu a morte, destruiu o pecado e reconciliou-nos com o Pai. Cremos que “desceu a mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus e está sentado à direita e Deus Pai Todo Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. ”

Mas, a ressurreição de Jesus não é somente um fato histórico. É memória e memorial da nossa fé. “Não é somente a lembrança de acontecimentos passados, mas a proclamação das maravilhas que Deus tem feito por homens. Na celebração litúrgica destes acontecimentos , eles tornam-se de certa forma presente e real” (Catecismo da Igreja Católica , n . 1363 ) . O memorial refere-se a um vínculo de aliança que nunca desaparece: “Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia. Assim exerce a sua misericórdia com nossos pais, e se recorda de sua santa aliança, segundo o juramento que fez a nosso pai Abraão: de nos conceder que, sem temor, libertados de mãos inimigas, possamos servi-lo em santidade e justiça diante d’Ele, por todos os dias de nossa vida.” Lc 1, 57. 72-75. “O Senhor se lembre de nós e nos abençoe ” (Sl 115: 12).

Então é Páscoa! E nós celebramos e proclamamos também a nossa páscoa. O que foi morto em nós e ressurgiu para uma vida nova? Durante a quaresma, do que nos libertamos para vivermos a nossa verdadeira identidade de cristãos? Quais panos (apegos) nos encobriam que foram deixados de lado para vivermos como batizados, filhos de Deus? Quais novas posturas e atitudes de amor e misericórdia vamos assumir para servi-lo em santidade e justiça?

É Páscoa quando Jesus Cristo ressuscita em nós.

É Páscoa quando a vitória de Jesus é a vitória sobre o nosso mal.

É Páscoa quando o perdão que o Pai nos concedeu se torna o perdão que oferecemos aos que nos feriram.

É Páscoa quando nos tornamos pessoas melhores para com os que moram conosco e com cada um que encontramos todos os dias.

É Páscoa quando apontamos o caminho da fé para corações adormecidos e indiferentes.

Feliz Páscoa irmãos com muita paz e alegria!

Fale com a Comunidade Epifania