Imelda Lambertini. Ela nasceu em Bolonha (Itália) no ano de 1322. Desde pequena sempre cultivou um imenso amor pela oração, pois crescera em um ambiente católico, onde seus pais davam a ela uma educação cristão de grande valor e de sólidas bases. O seu amor pela oração e pelas coisas de Deus era exatamente o seu diferencial e motivo de atenção especial pelos seus pais. Ela sempre se escondia nos locais “obscuros” de sua casa para rezar em silêncio, escondida do mundo, mas vista apenas por Deus. O seu amor pela oração lhe criou na alma um desejo enorme de ser freira dominicana, isso com apenas 9 anos de idade! Claro que, assim como ocorreria nos dias de hoje, ela não foi aceita por causa da pouca idade. Mas Imelda possuía uma santa insistência que resultou numa conversa entre seus pais e a Madre Superiora do convento das irmãs dominicanas. Perguntaram então a ela o que a atraía no convento das irmãs dominicanas, Imelda respondeu: “Nosso Senhor”. Nota-se que apesar dela ser apenas uma criança de 9 anos, devido a sua grande devoção pela oração, ela desenvolveu um extraordinário discernimento pelas coisas do Altíssimo. A madre superiora das dominicanas pediu a devida permissão aos pais de Imelda para que ela pudesse se mudar para o convento. Sob conditio, Imelda não deveria realizar no convento as tarefas árduas e pesadas, mas pequenas tarefas por causa de sua pouca idade, o que a pequena Imelda à princípio não aceitava, pois queria seguir em tudo o que as outras irmãs faziam.

Fale com a Comunidade Epifania