Homilia do Papa Francisco na Solenidade de Corpus Christi

A Eucaristia não é simples lembrança; é um fato: é a Páscoa do Senhor, que ressuscita para nós.

“Recorda-te de todo esse caminho que o Senhor, teu Deus, te fez percorrer” (Dt 8, 2).

É essencial recordar o bem recebido: se o não conservamos na memória, tornamo-nos estranhos a nós mesmos, meros «passantes» pela existência. Pelo contrário, fazer memória é amarrar-se aos laços mais fortes, sentir-se parte duma história transmitida de geração em geração.

Nossa memória é frágil, por isso Deus nos deixou um memorial. Não nos deixou apenas palavras, mas nos deu um Alimento: a Eucaristia não é simples lembrança; é um fato: é a Páscoa do Senhor, que ressuscita para nós. “Fazei isto em memória de Mim.”

A Eucaristia cura a nossa memória ferida e órfã. Introduz em nossa memória um amor maior: o Dele. Cura também a “nossa memória negativa”, isto é, pensar de que não servimos para nada, que só cometemos erros.

O Senhor sabe que o mal e os pecados não são a nossa identidade; são doenças, infeções. E Ele vem curá-las com a Eucaristia, que contém os anticorpos para a nossa memória doente de negativismo. Com Jesus, podemos imunizar-nos contra a tristeza.

Leia a íntegra da homilia:

https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2020-06/papa-francisco-corpus-christi-jesus-imunizar-contra-tristeza.html

 

Verifique também

O Papa na Audiência Geral: “A oração é o respiro da fé”

Na Audiência Geral desta quarta-feira (06/05), realizada na Biblioteca do Palácio Apostólico, por causa da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *