Vaticano informa que não há caso positivo de coronavírus entre seus funcionários

O diretor da Sala de imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, informou em 6 de junho que atualmente não há nenhum caso positivo ativo de coronavírus Covid-19 entre os funcionários do Vaticano e da Santa Sé.

Em um comunicado oficial divulgado neste sábado, a Sala de imprensa da Santa Sé anunciou que “esta manhã obteve resultado negativo à Covid-19 também a última pessoa que semanas atrás tinha sido indicada doente”.

“No momento, nenhum caso positivo à Covid-19 entre os funcionários da Santa Sé e no Estado da Cidade do Vaticano”, alertou.

O Vaticano teve seu primeiro caso confirmado de coronavírus em 6 de março. No início de maio, Bruni informou que um décimo segundo caso positivo havia sido confirmado entre os funcionários.

A pessoa, disse Bruni nesse momento, estava trabalhando remotamente desde o início de março e havia se isolado quando começaram os sintomas.

No final de março, o Vaticano declarou que havia examinado 170 funcionários da Santa Sé para detectar o coronavírus e todos haviam testado negativo, e que o Papa Francisco e as pessoas que trabalhavam mais próximas a ele não tinham o vírus.

Após três meses de fechamento, os Museus do Vaticano reabriram ao público em 1º de junho. É necessário fazer reserva prévia e os visitantes devem usar máscaras e controlar sua temperatura na entrada.

A abertura ocorreu apenas dois dias antes da Itália reabrir suas fronteiras para os visitantes europeus, retirando o requisito de colocar-se em quarentena 14 dias a partir de sua chegada.

A Basílica de São Pedro reabriu aos visitantes em 18 de maio, após intensa limpeza e saneamento. As missas públicas foram retomadas na Itália neste mesmo dia, com condições estritas.

Os visitantes da basílica devem monitorar sua temperatura e usar uma máscara facial.

De acordo com dados atualizados em 5 de junho, na Itália, desde o final de fevereiro, ocorreram mais de 234 mil casos confirmados de coronavírus, mais de 33 mil pessoas morreram, quase 37 mil casos positivos ativos no país e com menos de 3 mil na região de todo o Lácio, da qual a capital é a cidade de Roma.

De acordo com o mapa de coronavírus da Universidade John Hopkins, 403.211 pessoas morreram da pandemia em todo o mundo.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Verifique também

Meios de Comunicação para construir pontes

O Papa Francisco enviou mensagem à Conferência Católica dos Meios de Comunicação 2020 dos Estados …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *