Orientações de dom Dario Campos, Arcebispo de Vitória para a Festa de Corpus Christi

A Missa Crismal ou do Crisma ou dos Santos óleos ou ainda da Unidade que acontece normalmente na Quinta-feira Santa e foi adiada por conta das restrições da pandemia será realizada na Arquidiocese de Vitória no Dia de Corpus Christi, este ano em 11 de junho próximo.

A cerimônia vai acontecer a portas fechadas e apenas poderão participar o Arcebispo, os Padres, Diáconos e Seminaristas menos vulneráveis. Será possível acompanhar a transmissão às 9h pelas redes sociais da Catedral e facebook da Catedral e da Arquidiocese.

É nesta Celebração que os sacerdotes renovam as promessas sacerdotais assumidas no dia da ordenação e são abençoados óleos dos catecúmenos e dos enfermos e consagrado o óleo da crisma, que são utilizados em todas as paróquias das dioceses e arquidioceses.

Os fiéis estão convidados a acompanhar a transmissão de suas casas e assim fazer unidade com toda a Arquidiocese.

Recomendações de dom Dario Campos, nosso arcebispo para a Festa de Corpus Christi, sempre observando a realidade pastoral de cada paróquia:

  1. Os paroquianos devem ser orientados a acompanhar a procissão de suas casas e incentivados a ornamentar as fachadas de suas casas com flores, toalhas, velas…
  2. Missas e procissões nas paróquias na parte da tarde para que os padres possam participar da Missa dos Santos óleos pela manhã.
  3. Não confeccionar tapetes para evitar a aglomeração de pessoas.
  4. Organizar a procissão sem povo, apenas com veículos, do seguinte modo:
    • Um carro para transportar o sacerdote com o Santíssimo;
    • Um carro equipado de som amplificado para ajudar nos cantos, meditações e orações;
    • Um carro disponível para recolher alimentos não perecíveis e/produtos de limpeza e higiene para serem doados àquelas famílias cadastradas no território paroquial ou paróquia vizinha. Preferencialmente, envolver os jovens nessa ação.

Fonte: Aves.org.br

Verifique também

Como será a Festa da Penha 2020?

No ano em que completa 450 anos, o maior evento religioso do Espírito Santo precisou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *