Orientações para a Semana Santa na Arquidiocese de Vitória

A Semana Santa se aproxima e diante da situação que vivemos por causa da pandemia do coronavírus, o arcebispo Dom Dario Campos, publicou na manhã desta segunda-feira (30 de março) uma circular que orienta a realização da Semana Santa na Arquidiocese de Vitória.

Confira  o documento:

 

Vitória, 30 de março de 2020.

 

Assunto: Semana Santa na Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo

 

Aos que nossa circular virem, paz e bem!

 

A pandemia de Coronavírus exigiu do Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos a elaboração de um Decreto (divulgado) com “indicações gerais” a serem seguidas na organização de celebrações que vão desde o Domingo de Ramos ao Domingo de Páscoa.

Como a data da Páscoa não pode ser transferida, e mantendo nossas orientações conforme o decreto anterior que restringe os encontros e movimentos de pessoas, venho reforçar que celebrem os ritos da Semana Santa mesmo sem a participação dos fieis e em local adequado.

Contudo, os fiéis deverão ser informados do horário de início das celebrações, para que possam se unir na oração em suas casas. Os meios de comunicação ao vivo podem ajudar.

Além, do que prescreve o Decreto do Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, nossa comissão arquidiocesana de liturgia preparou um roteiro das Celebrações com adaptações para nossa Igreja Particular, a fim, de nos unirmos espiritualmente e mais afetivamente com nosso Povo.

Solicito aos sacerdotes a observância das orientações previstas para as celebrações da Semana Santa contidas no anexo (enviado aos padres por e-mail) e deste modo reforcemos nossa comunhão presbiteral.

Ainda, faço saber que a Missa Crismal, na qual, também renovamos nossos compromissos sacerdotais, será adiada. A previsão que ela ocorra na próxima festa de Corpus Christi, na Catedral Metropolitana de Vitória, às 9h.  Posteriormente, enviaremos comunicado.

Aproveito para fazer votos, sinceros de uma intensa vivência das celebrações pascais, ponto alto do mistério da nossa fé.  Sintam-se todos abraçados, estamos juntos na mesma barca. Deixemo-nos renovar pela força da ressurreição do nosso Senhor que destruiu o pecado e a morte e, hoje, é Vivo e Vencedor.

Que a Senhora da Penha, nos traga muitas alegrias.

 

Dom Dario Campos, ofm

Arcebispo Metropolitano

Verifique também

Dioceses, TVs, rádios e mídias sociais reforçam transmissão da Festa da Penha

Para chegar às casas dos devotos da Mãe das Alegrias, a Festa da Penha 2020, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *