Diocese de Roma suspende atividades pastorais não sacramentais por causa do coronavírus

A Diocese de Roma decidiu suspender “as atividades pastorais não sacramentais destinadas a grupos de fiéis” até o próximo dia 15 de março, como forma de prevenir possíveis contágios pelo coronavírus COVID-19.

Portanto, suspende-se o catecismo dos sacramentos de iniciação cristã, cursos de preparação para o matrimônio e de acompanhamento de casais, os retiros e os exercícios espirituais, as peregrinações, as atividades associativas, os caminhos de fé de jovens adolescentes e adultos e, em geral, todas as atividades em grupo.

Por outro lado, não se suspende a celebração da Missa desde que os lugares de culto respeitem as medidas de precaução indicadas pelas autoridades competentes, em especial a medida do governo de manter uma distância de um metro entre pessoas.

No entanto, as Missas continuarão sendo celebradas seguindo as indicações emitidas pelo Vicariato de Roma em 3 de março: omissão do sinal da paz, a obrigação de comungar na mão e o esvaziamento das fontes de água benta.

O governo italiano também decretou a suspensão das aulas em todos os centros de educação infantil e ensino fundamental, colégios de ensino médio, institutos e universidades de estudos superiores até o dia 15 de março.

No decreto governamental de 4 de março, afirma-se que “ficam suspensas as manifestações e os eventos de qualquer natureza, desenvolvidos em qualquer lugar, seja público ou privado, que envolvam uma aglomeração de pessoas de forma que impeça o respeito da distância de segurança interpessoal de pelo menos um metro”.

Fonte: ACIDigital – Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

Verifique também

Togo recebe ajudas do Fundo Covid-19 instituído pelo Papa Francisco

O isolamento decretado pelas autoridades do governo para conter a pandemia de Covid-19 também teve …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *