Processo de beatificação de padre Léo terá início em março

O Portal do Vatican News, divulgou nesta sexta-feira (07 de fevereiro) que terá início em março o processo de beatificação do padre Léo, conhecido por fundador da Comunidade Bethânia. Pe. Léo foi um sacerdote que reunia multidões por onde passava. Com uma história de sofrimento e superação, faleceu em 2007 aos 45 anos, vítima de infecção generalizada por causa de um câncer.

Após sua morte em 2007, começaram a surgir os rumores da santidade do padre Léo. Dez anos depois, em 2017 o processo foi autorizado pelo bispo da Arquidiocese de Florianópolis – SC, dom Wilson Tadeu Jönk. No Brasil, o responsável pela causa é o padre Lúcio Tardivo, presidente do Instituto Pe Léo. “Primeiramente a fama de santidade veio do povo, depois começamos o processo”, disse o sacerdote.

Dois motivos levaram a comunidade a juntar os papéis para o processo de beatificação. O primeiro foi uma entrevista no Programa Tenda do Senhor, que o Padre Vicente apresentava substituindo o pe. Léo. Neste programa, foi entrevistada a irmã. Célia Cadorim, que foi uma das postuladoras da causa de Beatificação e posterior Canonização de Santa Paulina. “Na ocasião, ela com muita propriedade disse que deveríamos recolher tudo o que pudéssemos do pe. Léo e guardássemos com cuidado, pois o sacerdote logo teria sua causa aberta e ela não tinha dúvidas nenhuma disso”, afirmou o padre. Depois desse momento passaram a recolher e arquivar tudo sobre a vida de pe. Léo.

O outro fato importante, refere-se a uma graça alcançada por uma família, onde uma menina acometida de septocemia (infecção no corpo, seja por bactérias, fungos ou vírus), teve uma parada respiratória de aproximadamente de 45 minutos, e logo depois ficou milagrosamente curada. A família atribuiu a cura à intercessão do pe. Léo.

Servo de Deus

Padre Léo já foi declarado Servo de Deus, assim, em março será aberto oficialmente o seu Processo de Beatificação, sob a responsabilidade do arcebispo da Arquidiocese de Florianópolis dom Wilson.

Naquele dia, será instaurado um tribunal histórico-teológico que se analisará a sua vida e biografia, com o objetivo de confirmar as virtudes heroicas do futuro venerável, e posteriormente com a análise dos possíveis milagres para declará-lo Beato.

Com 27 livros escritos e pregações voltadas para a cura interior, pe. Léo realizou seu ministério sacerdotal através de programas na TV Canção Nova. A abertura do processo de beatificação ocorrerá no dia 7 de março na sede da Comunidade Bethânia, em São João Batista, Santa Catarina, às 16h.

Fonte: Vatican News

Verifique também

Concurso para a escolha do cartaz da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), do qual a Conferência Nacional dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *