O seminarista com doença terminal foi ordenado sacerdote para toda a eternidade!

Foi ordenado sacerdote na Colômbia, com autorização especial da Santa Sé, o jovem seminarista Diego Omar Peña Navia, que, por estar na fase terminal da sua enfermidade, recebeu extraordinariamente a ordenação diaconal na quarta, 21 de agosto, e, já no dia seguinte, a ordenação sacerdotal.

Dom Fabio Duque Jaramillo, bispo da diocese de Garzón, à qual pertence o seminarista, declarou a respeito, em entrevista concedida à agência católica ACI Digital:

“Todos os acontecimentos que vivemos, quando o fazemos a partir de uma experiência de fé, tornam palpável a proximidade de Deus. Isso se torna palpável no que Diego Omar vive hoje. A nossa própria vida, com todos os seus sofrimentos, é a melhor ocasião para nos associarmos à morte e ressurreição do Mestre”.

Na homilia, dom Fabio enfatizou o chamado de Diego Omar a anunciar a esperança em meio ao sofrimento, porque Deus está sempre presente também nas provações.

“A única coisa que queremos confirmar é a maturidade na fé desse irmão, que lhe permite continuar assumindo em seu próprio corpo o sofrimento de Jesus. Esta ordenação não é simplesmente para esta vida: esta ordenação é também para a vida eterna. Ninguém tem a morte como vocação. Como é difícil, para nós, comprovar pela nossa experiência de fé que a morte é só um passo, e que, com ela, começa o que é definitivo! Custa-nos renunciar ao nosso projeto de vida e assumir o projeto de vida de Deus, que guia os fios da nossa história!”

A ordenação sacerdotal foi celebrada na Catedral de São Miguel Arcanjo, da cidade colombiana de Garzón, na presença de centenas de fiéis, familiares e amigos do jovem que, na véspera, havia recebido o diaconato na capela do Seminário Maior Diocesano.

Ao novo sacerdote, o bispo exortou:

“Você, querido filho Diego Omar, que será ordenado sacerdote, terá a função de ensinar em nome de Cristo. Transmita a todos a palavra de Deus que recebeu com alegria, não a sua palavra. Ao meditar sobre a lei do Senhor, tente acreditar no que lê, ensinar o que acredita e praticar o que ensina. Que o seu ensinamento, sobretudo com a sua vida, seja alimento para o povo de Deus. Que a sua história seja um estímulo para os discípulos de Cristo, para que, com sua palavra e seu exemplo, a casa que é a Igreja de Deus seja construída”.

Que Deus abençoe em abundância o sacerdócio do pe. Diego Omar, no tempo de vida sobre a face deste mundo que Lhe aprouver conceder a ele antes da partida para o Seu abraço eterno!

Fonte: ACI Digital

Verifique também

Especialista responde a pesquisa com embriões híbridos humanos e animais

Um especialista em bioética respondeu aos graves problemas gerados pela pesquisa com embriões híbridos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *