A canonização de Irmã Dulce será celebrada na Arena da Fonte Nova em Salvador

Irmã Dulce, conhecida como anjo bom da Bahia, será declara santa (canonizada) no dia 13 de outubro pelo Papa Francisco.

Conhecida pelo trabalho de acolhimento e assistência aos pobres e doentes em Salvador na Bahia, superando todas as dificuldades e resistências, irmão Dulce deixou uma obra social que leva o seu nome e mantém até hoje os propósitos para os quais foi criada.

A canonização acontece durante a realização do Sínodo para a Amazônia e a cerimônia será presidida pelo Papa Francisco.

Dom Murilo Krieger, Arcebispo de Salvador anunciou que após a canonização, “no dia 14 haverá uma missa na Igreja de Santo Antônio dos Portugueses (Roma) em ação de graças pelo dom que Salvador, a Bahia e o Brasil estão recebendo e, no dia 20, às 16h, na Arena Fonte Nova (Salvador-BA), vamos presidir a missa em honra daquela que já estará nos altares”.

Dom Murilo manifestou sua alegria em entrevista a Silvonei José da Rádio Vaticano: “Será uma ocasião de encorajamento a todos para buscar a santidade. Irmã Dulce veio nos dizer que cada época tem seus santos, mas todos têm em comum o amor a Deus, o amor ao próximo e a dedicação, especialmente aos preferidos de Jesus, os mais pequeninos”.

Verifique também

Papa decide vetar políticos entre convidados do Sínodo da Amazônia

A menos de um mês da realização do Sínodo da Amazônia, marcado para outubro em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *