Cáritas e CNBB lançam campanha ‘SOS África’

Milhares de pessoas foram afetadas pela passagem do ciclone Idai, em Moçambique, Zimbábue, Malaui e África do Sul, no dia 14 de março. A tragédia já é a pior da história enfrentada pela população destes países. Até o momento, estima-se que cerca de 800 pessoas tenham morrido. No cenário urgente de ajuda humanitária, cerca de um milhão e meio de pessoas estão desalojadas.

Para organizar a solidariedade brasileira com as populações atingidas, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Cáritas Brasileira lançam a campanha ‘SOS África’ nos países mais afetados – Moçambique, Zimbábue e Malaui.

Os recursos arrecadados serão utilizados para ações de socorro imediato, água potável, alimentos, roupas, cobertores, kits de higiene, remédios, primeiros socorros e tendas, que serão coordenadas pela Caritas Internacional, um organismo da Santa Sé.

“Que o Deus da vida e da ternura derrame suas bênçãos sobre cada pessoa e comunidade pela colaboração e gesto amoroso, em favor das famílias de Moçambique, Zimbábue e Malaui”. Diz um trecho da carta assinada pelas presidências da CNBB e da Cáritas Brasileira, enviada para todas as paróquias do Brasil.

Você pode ajudar acessando o site caritas.org.br, onde é possível encontrar os meios pelos quais o organismo recebe doações aqui no Brasil.

Verifique também

Imoral e desumano queimar ajudas, diz bispo venezuelano

É um ato “imoral” e “desumano” queimar a ajuda humanitária: esta é a forte denúncia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *